Diagnóstico in vitro ajuda no rastreio e monitoramento do câncer

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
O Dia Mundial do Câncer, 4 de fevereiro, foi criado para ressaltar a importância da prevenção da doença, a necessidade de diagnósticos precoces e os investimentos para o desenvolvimento de métodos de triagem e tratamentos. Os exames de diagnóstico in vitro são grandes aliados de médicos e pacientes para diagnóstico precoce e tratamento do câncer, doença com estimativa de 595 mil novos casos no Brasil em 2016, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca).
Entre o rol de exames que auxiliam médicos e pacientes, existem os usuais e as inovações. O teste de Elastase Pancreático, incorporado recentemente nos laboratórios, auxilia a detecção de neoplasias e pancreatites de forma menos invasiva. O teste é bastante acessível e indolor, pois é realizado utilizando amostra de fezes.
Testes fecais baseados em marcadores tumorais podem oferecer uma boa escolha não invasiva ao paciente. Nesta categoria, o exame de sangue oculto é o mais disseminado como auxiliar na triagem do câncer colorretal. Contudo, novos testes mais sensíveis destinados à identificação e ao monitoramento de recidivas ou metástases já estão disponíveis, como o exame M2-PK, que detecta um biomarcador da enzima M2-PK, associada a este câncer. “O diferencial deste teste comparado ao sangue oculto é a sua alta especificidade, detectando a neoplasia mesmo na ausência de sangramento”, explica Daiana Godoi, gerente de produtos da Vyttra Diagnósticos.
Dentre os exames usuais há o PSA, marcador para triagem e monitoramento do câncer de próstata. Para outras neoplasias de alta incidência como o câncer de ovário, mama e gástrico, os marcadores mais utilizados são o CA 125, CA 15-3 e o CA19-9, respectivamente.
“Acreditamos que todos têm direito a um diagnóstico rápido e de qualidade. A Vyttra Diagnósticos tem a missão de oferecer melhores resultados para os laboratórios e maior acesso do cidadão a um diagnóstico rápido e de qualidade. Quanto antes a doença for detectada, maior é a possibilidade de cura”, finaliza Claudia Goulart, presidente da Vyttra Diagnósticos.
Sobre a Vyttra Diagnósticos
Líder brasileira na produção e comercialização de reagentes e equipamentos para o mercado de diagnóstico in vitro, a Vyttra Diagnósticos faz parte da holding Adavium Medical e foi criada em 2016 a partir da união das empresas Imunotech, Hemogram e Alka Tecnologia. Com mais de 2.500 clientes em todo o país, a Vyttra Diagnósticos conta com portfólio completo com mais de três mil itens, entre produtos de fabricação própria, bem como dos melhores fornecedores, em especialidades como bioquímica, hematologia, imunologia, autoimunidade e microbiologia. Com atuação nacional, a empresa dispõe de cinco centros de distribuição, localizados em São Paulo, Goiânia, Minas Gerais, Curitiba e Bragança Paulista. Em uma moderna fábrica instalada também em Bragança Paulista (SP) a empresa desenvolve e produz equipamentos e reagentes de sua marca Hemogram para hematologia e microbiologia.

Veja também

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *