Alimente sua mente!

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Você anda esquecendo os compromissos, confundindo os dias da semana e tendo “brancos” na memória com freqüência? 

Estes sintomas clínicos sinalizam que faltam nutrientes essenciais para a saúde do seu cérebro. Então é hora de lembrar de colocar alguns alimentos no seu prato!
As pesquisas que relacionam nutrientes com as funções cerebrais têm avançado nos últimos anos. Muito se houve falar da relação entre o consumo de peixes e a melhora da memória, e sem dúvida os ácidos graxos do tipo ÔMEGA 3 (presentes em maior quantidade principalmente em peixes de água fria como o salmão, o arenque, a sardinha, a cavala e o atum) são indispensáveis para a saúde mental. Porém, outros alimentos têm sido considerados tão indispensáveis quanto os deliciosos peixes. Uma substância conhecida como FISETINA, presente nas uvas, no Kiwi, no morango, nos tomates, na maçã e no pêssego, estimula a formação de conexões neuronais mais eficientes, isto é essencial para o processo de memorização. 
Outro nutriente que merece destaque é a COLINA, encontrada principalmente na gema do ovo. A colina participa da construção das células cerebrais e repara as que sofreram algum tipo de lesão. Além disso constitui um tipo de neurotransmissor (célula que transmite os impulsos cerebrais da memória e do raciocínio rápido) chamado AcetilCOLINA. Informações mal divulgadas colocaram o ovo como o principal vilão para o colesterol alto, gerando o que os nutricionistas chamam de “ovofobia”. O ovo é um alimento necessário para o organismo e deve ser consumido como parte de uma dieta saudável. 
Outros alimentos que possuem os ÔMEGA 3 e 6, como o azeite de oliva, as castanhas, as nozes, as amêndoas e a linhaça, também devem ser consumidos, diariamente. 
Vitaminas do complexo B são igualmente importantes. Elas ajudam a regular a transmissão de dados entre os neurônios e estão em carnes, aves, grãos integrais, leguminosas, leite e derivados. O ferro, presente nas carnes vermelhas, é outro que entra na receita da boa memória. Para completar, encha o prato de frutas, verduras e legumes coloridos, repletos de antioxidantes, que impedem o envelhecimento das células cerebrais. 
Agora que você já sabe, lembre-se de incluir esses alimentos em sua dieta e não esqueça de consultar sempre um nutricionista!
Larissa Faria (crn-3: 21632) é nutricionista clínica funcional e esportiva e presta atendimento em consultório e como Personal Diet. 
19 98122 5741 

Facebook.com/larissafarianutrição 
Instagram @larissafarianutrição

Veja também

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *